Minha geração...


Minha geração ouve a Palavra, conhece a Palavra, canta a Palavra, digita fragmentos da Palavra, mas não vive a Palavra. Não se arrepende dos seus pecados, não se converte dos seus maus caminhos, não teme ao Senhor.

Minha geração não sabe escolher referências para si, por isso perde sua própria essência e vende uma imagem que não é originalmente sua.

Minha geração não sabe ser uma referência louvável para as que estão por vir, porque não se espelha em Cristo e não segue Seu exemplo.

Minha geração tem homens e mulheres dominados pela concupiscência da carne e dos olhos e pela soberba da vida. É um povo tomado pela lascívia e pela cobiça, que peca com seus olhos e transgride com sua mente.

É uma geração que com seus lábios louva ao Senhor e com seu coração pratica a imoralidade. Uma geração de fariseus, religiosos, que crucificariam Jesus novamente se pudessem. Mas como não podem, apedrejam aqueles que levantam a bandeira do Evangelho e anunciam a Verdade.

Mas a minha geração não quer ouvir a Verdade. Ela não gosta, pois a Verdade confronta, exorta, incomoda.

Quem gosta de ser confrontado? Quem gosta de ouvir que precisa renunciar a si mesmo? Quem deseja mudar seu pensamento, seu comportamento, seus hábitos, suas vestimentas, seus sentimentos ao ouvir a Verdade?

Minha geração está acostumada com a corrupção. Está satisfeita com a prostituição. Está acomodada na sujeira do pecado. Está contente por conhecer poucos versículos isolados das Escrituras, mas sem nunca ter lido e estudado a Bíblia toda pelo menos uma vez sequer!

Minha geração não ora, não busca a face do Senhor pelas madrugadas, não prioriza as reuniões de oração.

Minha geração gosta de muitos eventos mundanos disfarçados com o nome GOSPEL, mas não sente prazer em participar dos cultos de doutrina e ensino da Palavra.

Minha geração é dominada pela sensualidade e pelo desejo de seduzir a qualquer custo. Por isso muitos rapazes e moças trajam-se de maneira indecente e se expõem em suas redes sociais para serem cobiçados e, dessa forma, fazem o mesmo que Jezabel fazia nos tempos do rei Acabe: levam dezenas de pessoas a praticarem a idolatria.

No contexto de Jezabel, Deus levantou Elias para corrigi-la e para alertar seu marido Acabe. Mas ambos pereceram por não darem ouvidos a voz do Senhor.

Não fale de castigo para Minha geração, pois Ela gosta de ouvir sobre o amor de Deus, mas se esquece de que o Senhor castiga a quem Ele ama.

Minha geração ignora a Santidade de Deus. Por isso tolera a imundícia desse mundo e se assenta à mesa do maligno para comer do seu banquete.

Minha geração aplaude os falsos profetas e persegue os atalaias do Senhor, aqueles que não têm compromisso com o sistema imundo dessa sociedade, mas que pregam a Palavra do Deus Vivo em qualquer circunstância.

Minha geração é perversa, porque olha para a causa do aflito e não sente compaixão. Olha para a miséria do mundo e permanece indiferente.

É uma geração de pessoas que conhecem o Evangelho, mas que não vivem a Sua mensagem. Sabe por quê?

Porque não se converteram verdadeiramente.