Quando Deus diz: "Ainda não!"


"Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava". (João 11. 6)


Quando Jesus soube do estado de saúde de Lázaro, Ele não partiu imediatamente para Betânia, mas permaneceu por mais dois dias no lugar onde estava para então viajar para a cidade de seu amigo doente. É lógico que a atitude de Jesus parece incompreensível para nós, uma vez que, diante de uma situação de emergência, a nossa atitude é de sempre nos apressarmos para fazermos alguma coisa (até quando não sabemos exatamente o que fazer). Mas Jesus não se apressou. Ele esperou por 2 dias para viajar à Betânia.

A atitude de Jesus diante daquela situação nos mostra que nem sempre Deus nos responderá com um "sim" ou com um "não" imediato. Em algumas situações, a resposta é Deus para nós será "Ainda não".
O "ainda não" de Deus não significa "não". Significa "espere a minha hora", "espere e descanse", "espere, porque eu tenho um tempo certo para agir" e esse tempo NUNCA será igual ao nosso.
Estamos acostumados com a rapidez proporcionada a nós pelo avanço da tecnologia. Somos imediatistas. Queremos que tudo aconteça no nosso tempo e da nossa maneira.
Mas trazer essa pressa para a nossa vida cristã é perigosa e frustrante, porque Deus NUNCA nos responderá quando e como queremos. Jesus permaneceu dois dias onde estava antes de iniciar sua viagem a Betânia. E, ao chegar lá, Lázaro não estava mais doente; ele estava morto e sepultado há quatro dias.
"... O Senhor demorou..." foi o que Marta disse para Jesus e é o que nós dizemos ao Mestre quando a situação piora, quando a tempestade não cessa, quando a doença não é curada, quando a crise não passa, quando olhamos para o relógio e não vemos as circunstancias ao nosso favor.
Mas o texto bíblico de João 11 nos ensina que quando Deus diz "Ainda não" é porque Ele está preparando algo que excederá as nossas expectativas, que transcederá a lógica para que o Seu nome seja engrandecido através das nossas lutas.
Jesus chegou a Betânia não para curar Lázaro, mas para trazê-lo de volta à vida.
Você espera tão pouco de Deus! E se esquece de que Ele pode fazer muito mais do que pedimos ou pensamos.
Você tem ouvido o "Ainda não" de Deus? Não se desespere! Saiba que o Senhor não tardará, mas chegará no tempo certo. A situação pode piorar e se tornar impossível, mas não tenha medo. O mesmo Deus que surpreendeu as pessoas de Betânia, transformando a morte em vida, fará do teu deserto um manancial, da tua enfermidade um lindo testemunho de Vitória, da opressão que cerca o teu lar a paz que excede a todo entendimento.
E a glória será maior!